terça-feira, 10 de março de 2009

Homenagem Ao Batom de Cieiro

Meu querido batom, eras recente, nem duas semanas tinhas. Mesmo assim marcaste a minha vida, mais propriamente os meus lábios. Cada vez que o Cieiro se aproximava, eu dava-lhe barra ao metendo um pouco de ti em mim.
Éramos um. Eu fazia parte de ti e tu de mim. Foram bons os momentos passados. Tu no meu bolso do casaco, enquanto eu dava voltas com a Núrya, ou mesmo quando estava nas aulas. Tu eras a minha protecção. Em ti eu buscava o que me faltava, sebo para a boca.
Ainda me lembro do teu cheiro. Eras de Amêndoa. Fazias-me uma alergia do caraças na boca, mas mesmo assim eras único. Estás agora sozinho no mundo, numa sala qualquer, ou até mesmo no laboratório de Biologia, mas a esta hora já tu foste apanhado pelo continuo com nome de árvore e foste colocado no caixote do lixo.
Foi pena estas borbulhinhas que me deixaste nos lábios, mas mesmo assim sendo algo que me fazia mal, eras tão novinho, tão inocente. ERAS MEU!

6 comentários:

Rii disse...

Já falaste com a polícia??
eles, passadas 24 horas, começam as buscas, acho eu..
Foi rapto ou apenas fuga? Já te ligaram a pedir resgate? : O

xD desculpa, mas para um texto assim o comentário tinha de ser idiota LOL x )

Anónimo disse...

sao 48 hrs eeeeeeeee vanessa amanha vamos ter uma longa conversa sobre isto pq assim n pode ser estas coisas tem de acabar :P


beijossss***

Nada.Que.Interesse disse...

Realmente... o seboso do batom hein? Fugiu e deixo-te abandonada!! pobres dos labios... se tivessem olhos estavam neste momento a chorar... xD

Se calhar tem um caso com o espelho e, antes que notasses, escapuliu-se!! x)

Será?? :O

Rafael disse...

Batom do cieiro.
Amigo.

Será que existes mesmo?
Segundo Descartes só exitirias ao pensares (duvidares)... por isso tenho as minhas duvidas que existisses.
:p

Agora um comentário em condições.

Há uns tempos fiz um tributo identico à minha caneta da parker desaparecida. Nunca mais a vi. Não houve pedido de resgate nem foi avistada pela policia. Ainda hoje a procuro.
lol

Beijoooos

Whatsername disse...

eu lembro-me de um batom de cieiro que foi ao chão porque alguém deu uma ajudinha à gravidade =D
quem terá sido???

Rafael disse...

Mais um episódio da blognovela Não Querias Tu Mais Nada já disponível.